Diego Muller

Diego Muller

Diego Muller falará, em sua coluna, sobre dança, tradição e folclore. Acadêmico de arquitetura e urbanismo, atuante na área da arquitetura clínica e hospitalar, é instrutor de danças folclóricas, letrista e compositor nativista. Iniciou no tradicionalismo assim que nasceu, em 1980, nas dependências do CTG Brazão do Rio Grande, de Canoas/RS, principiando na dança em dezembro de 1989, onde atua até hoje, como instrutor dos corpos de baile adulto e veterano. Filho de tri-campeões do Estado, no Festival do Mobral, carrega essa vertente cultural, pendendo sempre ao lado folclórico e rural que a dança gaúcha pede. Participou como dançarino em lançamento de CDs, palestras e oficinas culturais juntamente com o pesquisador João Carlos Paixão Côrtes, a convite dele, incluindo em seu Curriculum festivais internacionais de folclore em países europeus. Carrega nas costas prêmios importantes na área da dança gaúcha, como de: Campeão do rodeio internacional de Vacaria, categoria adulto; Tri-campeão veterano do rodeio internacional de Vacaria; Bi-campeão biriva do rodeio internacional de Vacaria; Bi-campeão do Fecart, estadual de SC, em danças adulto; Campeão adulto, veterano e musical mais autêntico do Fegadan/MTG; participando inclusive nas vitórias do ENART de 2011 e de 2012, com trabalhos de expressão corporal. Atuou como coreografo, auxiliar de pesquisa e bailarino nas gravações e montagens do filme “O tempo e o vento”, de Jayme Monjardin, a convite da produção. Em 2007 lançou o livro “Ñanderetá chamececera – Nossa terra chamamecera”, em parceria com o poeta José João Sampaio da Silva, e em 2016 lança seu primeiro trabalho fonográfico, intitulado “Adelante”, num apanhado seu de temas musicas dos nossos festivais nativistas.

  Postagens de Diego Muller

thumb image

A Mazurca

A Mazurca (a nível mundial) é uma dança tradicional de origem polaca, na sua origem feita por pares enlaçados formando figuras e desenhos geométricos, em compasso de ¾ e tempo vivo. A mazurca é semelhante à “oberca”, que é uma variante muito rápida. Ela era um ritmo pontuado, com característica importante, de acentuação típica no…

 
thumb image

A dança unindo gerações!

Quem estava no ginásio de Santa Cruz do Sul, naquele final de tarde do calor de novembro de 2015, teve a oportunidade de assistir a um dos momentos mais emocionantes que a dança me proporcionou (e nos proporcionou) nos últimos anos. Digo dança… dança em si, sem entradas e sem saídas, sem criatividades exageradas… inclusive…

 
thumb image

“Aqui… a felicidade não tem anéis nos dedos!…”

“Aqui… …a felicidade não tem anéis nos dedos!…” Machado de Assis separava nosso país em duas fatias: o Brasil real e o Brasil oficial, onde o real era o reflexo do povo… e era o povo. Ariano Suassuna, mestre em cultura popular Brasileira, defendia essa tese, batendo muito de frente com o Brasil oficial, que…

 
thumb image

89 anos de um folclore sério…

Hoje inicio oficialmente minha primeira coluna quinzenal no ABC do gaúcho, já que na minha estreia utilizei o espaço mais para uma apresentação, de maneira geral. E nesses 15 dias recebi (e pedi) dicas de temas que o pessoal gostaria de ler e ter uma opinião mais fundamentada, já eu é a isso que me…

 
thumb image

Cemitério de elefantes

Dizem que os elefantes sabem exatamente onde irão morrer, sem mesmo nunca precisar ter estado lá. Pois é… e na mesma semana que recebo o convite inesperado da amiga Tânia Goulart, para tentar uma coluna neste novo e grato espaço da nossa cultura regional, o ABC do gaúcho, fiz uma postagem nas redes sociais de…

 
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.